BIOGRAFIA

Artista, escritor, ilustrador e educador.

Brasileiro, nasceu em São Paulo no ano de 1981.

Navegando por linguagens diversas, seu trabalho aborda o território narrativo em busca de novas fronteiras e olhares inventivos.

Textos, imagens e histórias fantásticas que convocam um forte imaginário são traços marcantes em suas obras. Transitando por variações entre aquarela, nanquim, pigmentos secos e recortes, as imagens que cria trazem vida aos seus personagens e cenários em traços vertiginosos, explorando detalhes e possibilidades cromáticas de forma singular.

Além de suas investigações acerca de suportes, cores e outras composições, o artista também se aventura na linguagem da xilogravura em que os contrastes entre preto e branco são mais valorizados.

 

 

Participou com obras no catálogo internacional literário da Feira de Bolonha e com o livro "Quidungo" recebeu o selo altamente recomendável da Fundação Nacional de Literatura Infanto Juvenil (FNLIJ).

Foi três vezes finalista do prêmio Jabuti, uma das premiações mais importantes do mercado editorial brasileiro. Em 2015, "O mistério do Capiongo" foi selecionado entre os dez melhores da categoria juvenil, em 2016, "A mentira da Verdade" foi selecionada entre as dez melhores na categoria ilustração infantil e juvenil e agora, em 2018, o livro "Adinkra, meu pai..." foi selecionado na categoria infantil e juvenil.

No filme "O diabo era mais embaixo", atuou junto com o seu irmão e artista Manu Maltez na invenção de máscaras e esculturas para o média metragem que mistura animação e live action.

Nesse ano, atuou em coparceria com o artista Lourenço Mutarelli na invenção e construção de máscaras carrancas para a exposição "Meu nome era Lourenço" no Sesc Pompéia da cidade de São Paulo.

Dedicando-se a pesquisar sobre o universo do cangaço, do sertão brasileiro, das culturas africanas e afro-brasileiras, suas atuais produções imagéticas, literárias e audiovisuais estão voltadas para tais temáticas.

Como educador, seu percurso profissional se estende desde 2002 passando por diversos projetos ligados a educação e instituições de ensino. Trabalhou como assessor na rede pública, na Derdic, escola para surdos, e em grandes escolas da capital de São Paulo.

Pós graduando em animação, atualmente é atelierista da Escola Vera Cruz.